spot_img
29.5 C
Belo Horizonte
quinta-feira, abril 11, 2024
spot_img

O que fazer na semana anterior de uma competição esportiva?

blank
Dr. Tiago Baumfeld – Ortopedista Especialista em Pé e Tornozelo e Doutor em Ortopedia pela UFMG.

A semana que antecede uma competição esportiva é crucial para o desempenho dos atletas. É nesse período que se busca maximizar a preparação física, mental e nutricional, visando atingir o melhor rendimento no dia da prova.

A supercompensação fisiológica é um dos conceitos-chave a serem compreendidos e aplicados nessa etapa. Após um período intenso de treinamento, o corpo precisa de um tempo de recuperação para se adaptar e melhorar seu desempenho. Durante essa semana, é importante reduzir a carga de treino, permitindo que os músculos se recuperem adequadamente e alcancem o pico de forma física no dia da competição. É recomendado focar em atividades mais leves e de baixo impacto, como alongamento, mobilidade articular e exercícios de recuperação ativa.

A alimentação também desempenha um papel fundamental nessa fase. Os atletas devem manter uma dieta equilibrada e rica em nutrientes, garantindo uma ingestão adequada de carboidratos, proteínas e gorduras saudáveis. Os carboidratos são especialmente importantes, pois são a principal fonte de energia durante o exercício. Aumentar a ingestão de carboidratos nos dias anteriores à competição pode ajudar a maximizar as reservas de glicogênio muscular, fornecendo energia para o desempenho máximo.

No entanto, é essencial evitar grandes mudanças na alimentação nos últimos dias antes da competição. Introduzir novos alimentos ou experimentar dietas restritivas pode causar desconforto gastrointestinal e afetar negativamente o desempenho. É melhor aderir a alimentos familiares e testados durante o treinamento, garantindo uma boa hidratação e evitando alimentos pesados ou de difícil digestão no dia anterior à competição.

Em relação ao treinamento, a semana anterior à competição é o momento de reduzir a intensidade e o volume dos exercícios. O objetivo é manter o corpo ativo e preparado, sem sobrecarregar os músculos ou aumentar o risco de lesões. Treinos curtos e leves, com foco na técnica e na coordenação, são indicados nessa fase. É importante lembrar que o descanso é tão importante quanto o treino, permitindo que o corpo se recupere e se regenere.

Por fim, aspectos psicológicos não podem ser negligenciados. A ansiedade e a pressão antes de uma competição podem afetar o desempenho. É fundamental manter uma mentalidade positiva e confiante, visualizando o sucesso e lembrando-se de todos os esforços e treinamentos realizados até aquele momento. Práticas como meditação, respiração profunda e conversas com a equipe de apoio podem ajudar a reduzir a tensão e aumentar o foco mental.

Em suma, a semana anterior a uma competição esportiva exige cuidados específicos para otimizar o desempenho dos atletas. A supercompensação fisiológica, os aspectos alimentares, de treinamento e psicológicos desempenham papéis cruciais nesse processo. Ao equilibrar o descanso e a recuperação com uma alimentação adequada, treinamentos leves e foco mental positivo, os atletas estarão mais propensos a alcançar seu melhor rendimento no dia da competição. Lembre-se sempre de buscar orientação profissional especializada para adequar essas recomendações às necessidades individuais de cada esporte e atleta.

Boa sorte aos competidores!

Matéria original escrita para a Coluna Saúde Plena no Portal do Estado de Minas. Confira aqui:
https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/colunistas/tiago-baumfeld/2023/07/06/noticias-saude,326292/o-que-fazer-na-semana-anterior-de-uma-competicao-esportiva.shtml

VEJA TAMBÉM